< Voltar

Olheiras: sinal de doença? Ou apenas uma questão cosmética?

O dermatologista Bruno Vargas explica os vários tipos de olheiras e seus respectivos tratamentos

 

O cansaço da correria cotidiana, combinado com o estresse, traz algumas consequências físicas. O aparecimento de olheiras é uma das reclamações mais comuns das mulheres aos dermatologistas. No entanto, cada caso é um caso. As olheiras podem ter diferentes causas e tratamentos.  E, mais importante: sinalizam algum problema de saúde?

Olheiras são manchas escurecidas que se instalam logo abaixo dos olhos – marrons ou arroxeadas, normalmente acompanhadas de inchaço. Segundo o dermatologista Bruno Vargas, as causas são multifatoriais e podem estar ligadas à genética, noites mal dormidas, estilo de vida e até mesmo à estrutura óssea.

O dermatologista explica que existem quatro tipos de olheira. A olheira pigmentada aparece quando a pele na região é muito fina;, geralmente, é genética. A vascular ocorre quando há um acúmulo de microvasos no local. Olheiras abauladas são as bolsas, que tendem a piorar com a idade. E, por fim, as olheiras falsas, causadas por um desnivelamento da pele, gerando um sombreado.

– Em casos de olheiras vasculares, o tratamento é feito com laser. Já quando se tratam das chamadas olheiras falsas, o preenchimento com ácido hialurônico costuma ser indicado. Alguns pacientes apresentam excesso de pele associado ao abaulamento local e a saída, nesse caso, é a intervenção cirúrgica.

Apesar de incomodar muitas mulheres, a olheira, em geral, não tem qualquer consequência nem sinaliza doença. A maioria dos tratamentos visa puramente o resultado estético. Às vezes, basta usar maquiagem para disfarçar a mancha. Em alguns casos específicos, olhos inchados podem ser sintomas de alguma doença, mas como achado secundário.

Vargas lembra que exposição excessiva e desprotegida ao sol é um fator determinante para a saúde da pele em geral.

– O principal fator externo que acelera a degradação de colágeno na pele, causando flacidez, é a radiação. Portanto, o cosmético que interfere positivamente no envelhecimento da pele é o filtro solar. Seria, digamos, o melhor antirrugas. Nós damos essa orientação aos pacientes, que adquiram e mantenham o hábito, de preferência desde a infância.

Confira algumas dicas e tire suas dúvidas sobre olheiras:

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone