< Voltar

“Obrigada, vida!”

A terapeuta Eneida de Oliveira faz um agradecimento à vida nesse mês em que se celebra o feriado do Thanksgiving na cultura americana

           

 

Obrigada, vida!

Por ter me ensinado a esperar; por eu ter aprendido a tecer… Aprendi fazendo, desfazendo, refazendo e acreditando que poderia continuar tecendo. As escolhas nem sempre foram as melhores-  mas, com certeza, as de maior aprendizado.

Sou grata por existir. Apesar da convulsão presente no mundo, sua beleza continua a me fascinar. Seu luxuriante movimento de águas e ventos me oferece o deleite da Criação. Gratidão!

Gratidão pela chance de aprender a perdoar àqueles que não compreendem que esse minúsculo ponto azul na imensidão do Universo existe para nos acolher, para nos nutrir com a dádiva do Amor e da Sabedoria.

A sombra que anoitece a Terra é, sem dúvida, a sombra que a humanidade traz na alma. A projeção cega e ignorante de querer possuir o que não lhe pertence.

Gratidão! Pelo que me foi poupado viver diante da horda embrutecida do egoísmo; da ganância desmedida daqueles que pensam que têm poder.

Escravo de sua mente é quem aprisiona o outro em sua teia de maldades e intrigas. O medo lhe fará companhia e não conhecerá o doce sossego de um coração em paz.

Dei o melhor de mim em tudo que fiz. Não que tenha conseguido a excelência dos feitos, mas cheguei até onde minha lucidez me permitiu chegar. Talvez tenha desejado mais do que me foi permitido viver, mas, sinto-me em paz. Certamente, vivi o que era necessário ser vivido e, oxalá, possa ter aprendido o que deveria ser acrescentado à minha consciência.

Gratidão!

Site: http://www.eneidadeoliveira.com/

 

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone