< Voltar

Medicina ayurvédica, para prevenir e curar

O especialista Claudio Perotto ministra curso no Rio com ênfase no uso das plantas brasileiras na prática milenar de origem indiana

 

Os primeiros registros da prática do Ayurveda, medicina tradicional – e oficial – da Índia, reconhecida pela OMS, têm mais de 5 mil anos.  Ao Ocidente, a prática medicinal que privilegia a prevenção ao invés de tratamento chegou nos anos 1960 e ganhou notoriedade na década de 1980, pelas mãos dos médicos e autores best sellers Vasant Lad e Deepak Chopra. A ideia central do Ayurveda é o equilíbrio – e a noção de que existe uma relação entre o microcosmo do interior do homem e o macrocosmo do mundo material. O Universo é cada um.

O Rio recebe, dias 20 e 22 de outubro,  a 2ª Edição do Ayurveda In Rio, no Centro Universitário Universus Veritas – UNIVERITAS, idealizado pelo especialista em medicina Ayurveda Claudio Perotto. Ele fala dos princípios da abordagem e também da utilização de recursos da flora brasileira.

Márcia Peltier – O Ayurveda é uma prática médica. Quais os seus princípios fundamentais?

Claudio Perotto – O Ayurveda se baseia no equilíbrio das energias internas do indivíduo. De acordo com a combinação dessas energias que chamamos de Dosha, será capaz de ter uma boa digestão ou não de certos alimentos, gerar maior ou menor quantidade de toxinas, influenciar no sono, raciocínio, força, disposição, juventude e longevidade.

Como chegou ao Brasil?

Em 1986, uma equipe de médicos indianos chegou a Goiânia quando transmitiram os primeiros ensinamentos e catalogaram as ervas brasileiras para uso ayurvédico.

Quais os benefícios que pode trazer ao dia a dia?

Em qualidade de vida, pois se você se alimenta e realiza práticas de rotina diária de forma apropriada ao seu biótipo energético; doenças não aparecem e você terá muito mais força e disposição para aproveitar uma vida longa e saudável.

Vocês falam de uso de ervas brasileiras numa prática que nasceu na Índia. Como é isso? Uma adaptação?

Um dos princípios mais centrais do Ayurveda é que as necessidades de equilíbrio saudável estão ligadas ao lugar onde você nasce, onde você vive. Tudo o que germina, atende às necessidades de quem ali vive. As diferentes zonas climáticas de nosso extenso país servem aos seres dessas diferentes áreas para seu equilíbrio: é só utilizar esses recursos de forma apropriada para o Dosha do indivíduo. A identificação das nossa flora pelo olhar do conhecimento indiano desta medicina foi realizada. E muitas plantas são comuns aos dois países.

Prevenção x tratamento – pode falar dessa dobradinha como base do Ayurveda?

Para o Ayurveda existem vários níveis de desequilíbrios até o surgimento do que se pode chamar de doença. As doenças não surgem do nada, são geralmente um acúmulo de toxinas geradas por alimentação, pensamentos, sentimentos e rotina diária inadequados. Esse acúmulo de toxinas transborda o seu campo energético ou o nível suportável pelo corpo, em cada indivíduo, afetando os órgãos e os sentidos. No início, quanto mais cedo identificado esses desequilíbrios, através de uma consulta com um profissional do Ayurveda, mais simples e suaves são os tratamentos, as práticas terapêuticas e as ações para o reestabelecimento do corpo e mente saudáveis. E, quando não há desequilíbrio – o que é difícil, por conta do estilo de vida que mantemos -, saber o que fazer para se manter saudável e jovem por mais tempo é o que de melhor se pode pensar em prevenção.

Como é a formação de um médico/orientador/terapeuta ayurvédico?

No Brasil, atualmente existe apenas a formação técnica ou terapeuta em Ayurveda. O médico do Ayurveda passa por uma extensa formação na Índia. No entanto as primeiras instituições de ensino visionárias já estão se preparando para investir e agregar aos seus cursos de formação em saúde e gastronomia, disciplinas de Ayurveda rumo à graduação, extensão e pós graduação.

 

Ayurveda in Rio
Mais informações sobre ingressos o evento no http://www.ayurvedainrio.com/.
20 a 22 de outubro
Sexta – 18h às 22h (credenciamento a partir de 14h)
Sábado – 9h às 17h
Domingo – 9h às 19h
Presenças Especiais: Dra. Nisha Manikantan e Dr. Paramkusha Rao
Ingressoshttp://www.ayurvedainrio.com/

Quatro dicas sobre o Ayurveda:

Compartilhe!
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone